Comprar um imóvel antigo e reformar ou investir em um imóvel novo?

Comprar um imóvel antigo e reformar ou investir em um novo

Na hora comprar um imóvel, muitos se perguntam: “Reformar um imóvel antigo ou investir em um imóvel novo? Não é uma decisão tão simples assim, uma série de fatores devem ser analisados. Saber o motivo da compra é o primeiro deles. O imóvel será para moradia ou é um investimento? Qual o perfil dos moradores? O que de fato é importante para as pessoas que irão morar nesse imóvel? O que eles valorizam?

Apartamentos novos X Apartamentos antigos: reformar ou investir em um imóvel novo?

As vantagens e as desvantagens de comprar um apartamento novo

Independentemente se o apartamento que você quer comprar é recém construído, cheirando a tinta e “ainda no contrapiso”, como costumamos dizer por aqui, ou se você estiver adquirindo na planta, estruturalmente falando não costuma haver a necessidade de muitas mudanças. O mercado imobiliário costuma analisar muito bem vários fatores antes do início da construção de um empreendimento e geralmente acerta quando pensa no perfil dos moradores. 

Um bom exemplo é o que tem acontecido nos últimos anos com o perfil dos moradores dos grandes centros. Como sabemos, atualmente os espaços de convivência tem sido praticamente um “must have” nos pedidos dos nossos clientes. O chamado “conceito aberto”, espaços integrados e varandas gourmet, por exemplo, têm tido um grande destaque em praticamente todos os grandes lançamentos imobiliários.

reformar ou investir em um imóvel novo

Reforma e decoração de um apartamento novo de alto padrão na Vila Mariana: projeto Marília Veiga

Se o seu caso for como o da maioria dos nossos clientes que normalmente compram um apartamento para morar nele, então aí vão alguns pontos a favor das vantagens de comprar um apartamento novo.

Pensados no morador do séc XXI – Cara e jeito de novo. Um apartamento recém-construído, ou “no contrapiso” está mais adequado à nova realidade, por razões óbvias.

As chamadas áreas sociais ou de convivência de um apartamento hoje em dia são muito mais privilegiadas do que nos apartamentos de 20, 30 anos atrás. Então o que se observa no mercado imobiliário de um modo geral são apartamentos que já vem com grandes varandas e terraços, por exemplo. 

Como sabem bastante a respeito de comportamento do consumidor, os grandes empreendimentos já estão, inclusive se atentando muitas vezes que, por motivos de saúde, as pessoas estão privilegiando apartamentos com duas entradas, sendo uma com área de serviço onde podem deixar sapatos e outros itens.

Customizáveis – Se antes era possível observar desníveis entre as áreas internas e externas dos apartamentos, hoje muitas construtoras já se adiantam e deixam a área da varanda nivelada com o espaço interno pois perceberam que é desejo de muitos moradores “derrubar” portas ou eliminar caixilhos para trazer a amplitude em uma possível reforma que traga um espaço integrado de living, cozinha e varanda.

reformar ou investir em um imóvel novo

Empreendimentos trazem imóveis prontos para receber intervenção de arquitetura e deixar o imóvel com a cara dos donos

Tudo ao seu dispor – Em muitos condomínios já é possível ao morador se exercitar, cuidar do seu pet e fazer uma série de outras atividades sem precisar “passar pela portaria”. Salas fitness ou academias completas com equipamentos de ponta, petshops, espaços beauty e de lazer mais do que completos além de projetos paisagísticos que são um verdadeiro colírio para os olhos. 

Desvantagens? – Um apartamento novo, no contrapiso, é o que temos de mais custoso dentro do universo dos investimentos no mercado imobiliário hoje em dia. Não existe um cenário “ideal”, mas se estiver no seu orçamento e você puder aguardar até o término da construção que dura em média de 24 a 36 meses, considere comprá-lo, se possível ainda na planta, momento em que são bem mais acessíveis.

Mas Marília Veiga lembra que, mesmo quando compramos um imóvel “pronto” é sempre necessário alguma intervenção ou pequena reforma. Adaptar hidráulica e pontos de elétrica à realidade dos moradores como tomadas e iluminação. 

Dica da Marília!

Ao adquirir um imóvel na planta, algumas construtoras permitem que você faça intervenções de certa forma “maiores” e até mude a planta do apartamento ainda em fase de construção. 

Essa é uma forma que vai fazer com que você ganhe tempo e gaste menos do que reformar o apartamento depois que ele já estiver pronto. Então, vale a pena conversar a respeito e colocar o seu arquiteto para conversar com o setor de engenharia do empreendimento. Por aqui, isso já é uma realidade e estamos acostumados a fazer esse tipo de trabalho e intermediação para os nossos clientes e os resultados são ótimos! 

Apartamentos e Casas Antigas: Para quem aprecia o clássico!

Com tantas novidades e tudo o que há de mais moderno em termos de edificação, você agora pode estar se perguntando: “Será que vale a pena comprar um apartamento ou casa antiga e reformar ou investir em um imóvel novo?”

A resposta continua sendo a mesma: vai depender de cada perfil.

Se está à procura de uma localização melhor ou um bairro residencial consolidado aqui em São Paulo, por exemplo, quase todos os terrenos já estão ocupados.

Quando comparados a imóveis mais novos no mesmo bairro, eles tem um custo menor. Porém, o valor que provavelmente será gasto com reformas relacionados à infraestrutura será maior.

Apartamentos antigos, espaços maiores?

Via de regra sim, mas devemos nos lembrar que os terraços são menores, não temos tantas varandas gourmet ou espaços integrados como vemos hoje em dia em praticamente todos os novos empreendimentos. Isto porque  estamos falando de imóveis que foram construídos levando em conta outro tipo de comportamento consumidor; o de uma sociedade que não privilegiava tanto espaços de convivência como privilegiamos hoje.

Em contrapartida, para quem gosta de espaço, os quartos são bem mais amplos.

Veja esse antes e depois desse apartamento no Morumbi:

“O que temos que pensar é na configuração do imóvel e como ele vai atender a família que irá morar lá, basicamente”, diz Marília.

“Temos alguns projetos de reformas de apartamentos que foram construídos nos anos 60, 70…Essas construções têm pé-direitos enormes, como dificilmente se vê nos apartamentos construídos hoje em dia. São construções magníficas, mas feitas em uma época em que não tínhamos como prever um carro por morador, por exemplo” 

Além de tantos avanços em termos de elétrica, hidráulica e outras tecnologias. Às vezes pode ser trabalhoso adaptar a infraestrutura do imóvel a um novo sistema de ar condicionado. Tudo deve ser muito bem pensado e com a ajuda de profissionais extremamente capacitados. Mas o resultado é de cair o queixo!

Qualquer que seja a sua preferência: morar em um luxuoso apartamento novíssimo, nunca habitado ou se te atrai a sofisticação das ruas dos bairros mais tradicionais, reduto dos clássicos, o mais importante é: O seu sonho,nossa equipe está pronta para te ajudar a realizar.

 

Quer conhecer mais projetos
residenciais da Marília Veiga interiores?

Marília Veiga Interiores

Reformar Apartamento Antigo com Marília Veiga

Olá eu sou Marília Veiga, há mais de 40 anos trabalhamos com projeto e acompanhamento de reformas e decorações voltadas para imóveis de alto padrão, sejam residenciais ou corporativos.

Transformar é a nossa missão! Através dos nossos projetos trazemos mais qualidade de vida para nossos clientes!

Temos um conceito contemporâneo, com linhas neutras, sempre alinhando o designaconchego Nosso foco é no uso dos ambientes e não somente na estética. O atendimento personalizado e o processo de trabalho são os nossos grandes diferencias, proporcionado resultados de sucesso , afinal possuímos 4 décadas de experiência com um amplo portfólio de trabalhos realizados no Brasil e no exterior.

Projetos Recentes