Vale a pena reformar um apartamento antigo?

O que é melhor, comprar um apartamento novo ou um usado? Vale a pena comprar um imóvel mais antigo e reformar? Essas dúvidas são muito comuns e a resposta é: depende. Hoje eu vou apresentar alguns prós e contras de se comprar um imóvel antigo que podem ajudar você a tomar a melhor decisão.

Seja em um apartamento novo ou usado, é possível personalizar o imóvel e deixá-lo com a sua cara, correspondendo às suas expectativas e necessidades. Inclusive pode ser financeiramente muito vantajosa a aquisição de um imóvel usado, ainda que ele necessite de mais obras, seja para morar ou investir.

Bairros tradicionais

Em primeiro lugar, quando se pensa em grandes centros urbanos e cidades como São Paulo, é preciso lembrar que bairros mais tradicionais como Higienópolis, Jardim Europa, Ibirapuera, Jardim América, Moema e Jardins já têm a maior parte de seus terrenos ocupados e quando se tem uma área disponível, ela acaba tendo o metro quadrado muito caro e isso eleva ainda mais o preço de um futuro empreendimento naquele local.

Tratam-se de bairros já consolidados, com uma estrutura estabelecida, bem servidos de comércio local (mercados, farmácias, padarias), vários possuem shoppings, ótimas escolas, acesso fácil para outras regiões da cidade e diversas facilidades que elevam sua valorização no mercado.

Quem tem o sonho de morar nesses bairros pode optar por adquirir um apartamento mais antigo e reformá-lo. São edifícios construídos há algumas décadas, com 20, 30, 40 anos de história e plantas bem diferentes daquelas que vemos hoje em dia, mas que podem sim ser atualizados, respeitando as regras de cada condomínio e as possibilidades da planta.

Reformas e projetos

Ainda que você entre em um apartamento antigo, olhe ao redor e pense que precisa refazer tudo e que isso dará muito trabalho, manter a mente aberta, usar a criatividade e, principalmente, confiar nos profissionais de interiores que estão caminhando junto com você nessa decisão, pode mudar as suas perspectivas e culminar em um ótimo negócio.

Às vezes o comprador desanima ao entrar em um apartamento mais antigo e notar seu mau estado de conservação, ver aqueles acabamentos antiquados, piso antigo, arcos, colunas, cantos arredondados, uma planta muito recortada e quer desistir da compra.

O que ele não se dá conta é que aquele imóvel tem características incríveis e que podem fazer toda a diferença no novo projeto, como as paredes mais grossas, ter um bom pé direito e janelas grandes, o que significa muita entrada de luz natural, melhor circulação de ar, sensação de amplitude e isso tudo com o charme que só os imóveis antigos têm.

No quesito reforma, a vantagem de se adquirir um apartamento novo é que não há necessidade de fazer reformas muito grandes, ainda que se queira alterar a planta e integrar ambientes. As partes hidráulica e elétrica, por exemplo, estão prontas ou vão exigir mudanças mais simples do que aquelas que podemos encontrar em apartamentos antigos, cuja fiação e encanamento muitas vezes precisam ser trocados.

Muitas vezes as transformações nos ambientes podem ser até menores do que se imaginava inicialmente e são os profissionais de design que vão dizer o que é necessário fazer, desfazer ou refazer no local para que sua atualização compreenda não só a estética, mas também a segurança e a funcionalidade dos espaços.

O tempo total da obra também merece sua atenção, pois ele pode ser significativamente maior nos imóveis antigos em comparação com um recém construído.

Valores e valorização

O valor de compra de um apartamento antigo costuma ser mais atrativo do que de um imóvel novo na mesma localização, justamente porque ele necessita de obras, mas também porque o seu preço já estabilizou. Uma valorização, neste caso, seria consequência da atualização do imóvel ou de alguma grande mudança em termos de infraestrutura urbana ou mobilidade no entorno, como a inauguração de uma estação de metrô.

Ao contrário do que se pode pensar, são muitos os casos em que, considerando o valor de compra e da reforma, o investimento total fica ainda menor do que adquirir um imóvel novo e que também vai precisar de obras, ainda que de menor expressividade.

Muitas pessoas optam por comprar imóveis na planta pensando em sua valorização futura. Então, seguindo essa lógica, saiba que no caso de um imóvel mais antigo uma reforma bem feita, com um projeto sob medida, a utilização de acabamentos e materiais de primeira linha pode levar a uma valorização em torno de 30%.

Relembrando as etapas do projeto

A primeira etapa do projeto é o briefing, quando conversamos com os clientes para saber do que eles gostam, o que esperam, como imaginam o lar ideal.

Com essas informações criamos o layout 3D, o qual deve ser aprovado pelo cliente, e definimos todos os revestimentos que serão utilizados.

O próximo passo é criarmos o projeto executivo, que terá todas as informações técnicas sobre as obras a serem feitas e guiará todos os fornecedores envolvidos.

Em seguida são determinados os custos da obra e prazos, o que nossa equipe garantirá que seja cumprido.

Características do imóvel e do condomínio

É fundamental que você se pergunte quais são os seus sonhos e as suas necessidades quando for escolher um imóvel para morar. Eu falei mais sobre isso no post Como escolher o apartamento ideal e vale a pena você conferir as dicas que eu dei lá para guiar sua decisão.

Atualmente o conceito é de que se tenham áreas comuns amplas, muito bem equipadas e repletas de entretenimento, mas antigamente a ideia era desfrutar do seu espaço individual, do seu lar, por isso as plantas privilegiavam os apartamentos em detrimento das áreas comuns e, internamente falando, as áreas íntimas em vez de ambientes sociais.

Então, se você faz questão de ter um grande terraço gourmet integrado à área social, por exemplo, se esse for um item fundamental na realização do seu sonho, talvez a sua única alternativa realmente seja optar por um imóvel mais novo.

Já se você sonha com uma suíte incrível, grande, com um banheiro bem confortável e até com uma banheira, o seu oásis particular, vale a pena pesquisar os imóveis mais antigos, porque há alguns anos esses espaços eram os privilegiados na planta.

Os empreendimentos novos possuem ótimas áreas de lazer com piscinas, playgrounds, academias, além de salões de festa modernos, muito bem decorados e totalmente equipados.

Nos prédios antigos é mais comum encontrar apenas o salão de festas. Pode até ser que tenha uma piscina e uma academia adaptada, afinal na época em que foram construídos não existiam esses conceitos. Em vários deles há poucas ou nenhuma vaga de garagem, o que é importante ser considerado.

Outra desvantagem dos condomínios antigos é o alto custo de manutenção e a necessidade de se ter mais pessoas trabalhando nas áreas comuns, porque não há tanta infraestrutura para soluções tecnológicas como automação e portaria virtual, por exemplo.

Enquanto há muitas vantagens no que diz respeito ao apartamento em si, no caso dos antigos, as áreas de lazer podem deixar a desejar em relação aos novos empreendimentos, então é preciso colocar esses dois pontos na balança e pesá-los antes da compra.

Tesouros escondidos

Pode até ser que você encontre alguns tesouros que queira manter no novo projeto. Então algumas coisas podem ser restauradas e incorporadas a um projeto mais moderno e contemporâneo.

Claro que isso vai depender também do estado de conservação no qual esse tesouro se encontra e por isso é importante que o escritório de interiores acompanhe você e lhe ajude a visualizar tudo isso.

Ajuda especializada

Localização privilegiada, possibilidade de personalização, valor mais baixo na aquisição e boas plantas são as principais vantagens que eu apontei neste post sobre a compra de apartamentos antigos.

Mas se você ainda tem dúvidas, pode contar com a nossa expertise na decisão pelo apartamento perfeito para você e sua família. Podemos ajudar você nessa avaliação do imóvel usado e no comparativo com o novo e, então, poderemos partir para o projeto e a realização completa do seu sonho. Entre em contato conosco e tire todas suas dúvidas.

Deseja conhecer nossos projetos?